top of page

Serie Museus- Olympiastadion

2017

20 x 30 cm

Curadoria Isabel Portella

 

Divisão de recursos

70% ONG

30% Comadre

 

De acordo com o artigo 38, caput da lei federal 9610/1998, bem como com o artigo 14 da Convenção de Berna, promulgada no Brasil através do decreto 75699/1975, deverá o proprietário dessa obra artística, ao realizar sua comercialização, repassar ao artista ou a seus sucessores, a título de direito de sequência, o valor referente a, 50% (cinquenta) sobre o lucro que vier a auferir com essa nova transação comercial (revenda) até o prazo de 30 dias. Caso o autor não receba seu direito de sequência no prazo estipulado, o vendedor é considerado depositário da quantia a ele devida, salvo se a operação for realizada por leiloeiro, quando será esse o depositário (conforme determina o parágrafo único do artigo 38 da lei federal 9610/1998).

 

Bia Serranoni é bacharel em Fotografia pelo Centro Universitário Senac em São Paulo, cidade onde vive e trabalha,  explora conceitos abstratos e minimalistas em suas imagens. Partindo da arquitetura, a artista cria imagens que desafiam a percepção de espaço e forma, através da interseção entre a arquitetura, a fotografia e a pintura, delineando um campo de investigação que questiona a natureza da imagem fotográfica. 

Nas séries de Bia, podemos observar como ela desmonta os espaços arquitetônicos, explorando os elementos geométricos que surgem quando linhas e estruturas se cruzam. Com a utilização da luz incidente que atravessa essas construções, a artista cria um caleidoscópio vertiginoso de formas infinitas, criando uma narrativa visual que vai além do real. Seu trabalho é uma investida de comunicação de uma experiência sensível de um mundo que é tanto tangível quanto impalpável.

Suas obras, não figurativas por natureza, exploram a ideia de um tempo-espaço não linear. Essa busca pelo tempo imaterial que flui entre os espaços arquitetônicos, é influenciada pela estética e preceitos do movimento concreto e neoconcreto. Seu trabalho é um convite para a exploração da imagem além do explícito.

Nos últimos anos Bia Serranoni teve participação em diversos Festivais Internacionais de Fotografia, participou de exposições coletivas e publicações e foi indicada como finalista no Tokyo Internacional Foto Awards e recebeu Menção Honrosa no 19º. Salão de Artes Visuais de Ubatuba em 2023.

O trabalho de Bia também se desdobra em site specifcs, nesse processo ela desmonta em imagens um espaço arquitetônico construindo grandes organismos geométricos expostos de maneira metalinguística dentro do próprio espaço criando. Em maio de 2023, um destes sites specifics, Prisma Incidental, foi realizado na Cidade das Artes Bibi Ferreira do Rio de Janeiro com curadoria de Eder Chiodetto.

Bia Serranoni

R$ 275,00Preço

    Produtos relacionados